Informações diversas e actuais de interesse a respeito da paróquia de LAGEOSA DO MONDEGO - Celorico da Beira, distrito da Guarda

domingo, fevereiro 19, 2006

PROPOSTA para RESTAURO DO ALTAR MOR

  1. Registo fotográfico. Todo o processo de conservação e restauro será registado, desde a pré fixação até à protecção final, formando assim um historial de toda a operação. O levantamento gráfico será também exaustivo e pormenorizado, abrangendo vários perfis possíveis.
  2. Pré-fixação dos revestimentos cromáticos e dourado. A pré fixação resume-se a elementos que não serão alvo de decapagem da policromia exterior. Antes de se realizar a pré-fixação serão removidas as poeiras soltas de toda a superfície, utilizando pincéis de cerda macia e aspirador, reduzindo assim a quantidade de sujidade a remover durante a limpeza. Para a fixação da superfície dourada será utilizada resina acrílica (Paraloid B72) diluída em acetona (10%). Para a fixação da superfície policroma será utilizada a mesma resina (Paraloid B72) diluída em Tolueno. Todos os solventes empregues serão reversíveis, não pondo assim em causa futuras intervenções.
  3. Consolidação pontual do suporte e desmonte. Consolidação das zonas do suporte susceptíveis de serem danificadas durante a desmontagem das peças. Na consolidação será utilizada resina acrílica (Paraloid B72) diluída em acetona. A concentração desta diluição aumenta entre aplicações de 6% a 20%. A resina de consolidação será aplicada as vezes necessárias até se verificar uma boa resistência das madeiras. No decorrer da desmontagem parcial será realizado o registo fotográfico pormenorizado e a identificação das peça, para posterior localização durante a intervenção e montagem.
  4. Estabilização física do suporte. Consolidação em profundidade de todas as zonas de suporte fragilizadas pela acção dos insectos xilófagos e pela humidade. A consolidação será realizada com resina acrílica (Paraloid B72) diluída em xileno. Este procedimento será realizado as vezes necessárias, até se verificar uma consolidação eficaz da madeira. Colagem dos elementos destacados ou a destacar, utilizando para o efeito resina vinílica Isar Rakoll TO-50 e cavilhas de madeira. Nesta fase serão recolhidos elementos que eventualmente existam em depósito, para posterior integração nos seus locais de origem. Colmatação de fendas e lacunas de grandes dimensões, com madeira da mesma essência da original e devidamente estabilizada. Nas fendas e lacunas de pequenas dimensões será aplicada madeira de balsa ou pasta de madeira, dependendo das características de lacuna. Remoção mecânica da oxidação superficial dos pregos, elementos metálicos funcionais e aplicação de Micalite. Substituição dos pregos que perderam a sua função pondo em risco a estabilidade do conjunto por parafusos de aço inox ou cavilhas de madeira. Os elementos metálicos muito degradados serão substituídos por elementos idênticos de aço inox. Os elementos constituintes da estrutura de sustentação serão reforçados, através da aplicação de madeira nas zonas onde se verifique essa necessidade. Se não for possível a recuperação destes elementos, estes serão substituídos por elementos iguais aos originais. Nesta fase será utilizada madeira da mesma essência da original e devidamente estabilizada, parafusos de aço inox ou cavilhas de madeira. Serão criados os apoios necessários para a boa estabilidade do conjunto.
  5. Integrações volumétricas. Reconstituíção dos elementos em talha inexistentes, sempre que se revele importante para a compreensão da unidade estética do conjunto e desde que existam evidências que o legitimem. Os tampos dos tronos terão que ser reconstituídos com madeiras parcialmente, pois as actuais estão um pouco degradadas. Para a execução das reconstituições volumétricas, será utilizada madeira da mesma essência da original devidamente estabilizada.
  6. Tratamento curativo e preventivo contra o ataque de insectos xilófagos. Aplicação de Cuprinol, pelo reverso das madeiras, impregnando em profundidade. Este através do processo de pincelagem. Será injectado também nos orifícios de saída dos insectos. Todas as madeiras existentes ou a aplicar serão tratadas.
  7. Limpeza e fixação do revestimento cromático / Decapagem. Fixação da superfície que ainda o necessite utilizando os mesmos produtos e métodos utilizado na pré-fixação. Serão removidos os excessos de resina utilizada para a fixação, consolidação e colagem. A par da remoção de excessos será também removida a sujidade aderente. As zonas de sujidade de difícil remoção serão limpas cuidadosamente, utilizando cotonetes embebidos nos solventes adequados ao tipo de substâncias a remover e estado de conservação da superfície a limpar. Nesta fase será decapada a policromia exterior, pois não possui qualquer valor artístico, sendo recuperada em parte a pintura original.
  8. Montagem. Montagem de peças por aparafusamento. Serão utilizados os orifícios dos antigos pregos para a aplicação dos parafusos (aço inox), e cavilhas de madeira. Nivelamento dos orifícios dos parafusos com pasta de madeira para posterior integração cromática. Nesta fase será montado o tecto por detrás do retábulo, depois de restaurado o suporte e estrutura de sustentação, sendo este com a mesma tipologia do original e tonalizado no seu geral.
  9. Integração cromática. Preenchimento de lacunas de pequenas dimensões e orifícios de parafusos existentes no suporte com pasta de madeira. Nivelamento de lacunas existentes na superfície policroma e dourada utilizando cré + cola animal. Para a integração das lacunas nas zonas douradas com preparação branca visível será utilizado pigmentos naturais (Winsor & Newton) aglutinados por resina acrílica Paraloid B72 diluído em Tolueno numa concentração de 6,5%. A integração cromática nunca se sobreporá ás superfícies douradas e policromas originais.
  10. Aplicação de protecção final. Aplicação de verniz mate de protecção final.

    ORÇAMENTO do Retábulo capela-mor é de 27 900,00 (+ IVA a 21%).

P.S.: Veja, através destas fotos, as cores originais do Altar Mor. Que maravilha, que enorme surpresa! Em muitos casos, o ouro e a prata estão escondidos pela pintura!!!

2 comentários:

Anónimo disse...

Aprendi muito

freefun0616 disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.